Deixe um comentário

LUNA SHINE / 27 ANOS / PROF. SEXO / FACADAS / DHPP / ES, VIANA

Luna foi assassinada no bairro Soteco, em Viana, na Grande Vitória, após atender um cliente na casa onde morava por volta das 6h. Segundo uma testemunha, o homem não tinha dinheiro para pagar o programa e a matou com várias facadas.

Escutei um bate-boca e ela falou se ele irira furar. Desci e vi o homem esfaqueando ela. O cliente me viu e disse que iria me matar. Aí eu comecei a gritar socorro. A dona da casa chegou com um pedaço de pau e eu pedi para ela não entrar. Ele fugiu e os moradores conseguiram segurar ele“, disse. A mãe de Luna estava abalada e foi amparada por familiares.

AMIGA CONVERSOU COM VÍTIMA

Uma amiga de Luna ainda conseguiu conversar com ela no local do crime.

Eu fui lá em cima. Ela estava agonizando, tentando levantar. Falei para ficar quietinha. Falei que tinha ligado para irmã dela, mas ela disse para não ligar porque estava cedo. Falei para ela não dormir: ‘Fica aqui que estou conversando com você‘. Foi aí que ela respirou a última vez e eu não consegui ficar mais lá e desci”, conta a amiga.

gazetaonline     g1.globo

Anúncios
Deixe um comentário

LUANY AQUAMARINE / ESPANCAMENTO / RJ, RIO DE JANEIRO

Luany, moradora da maré, estava atrás do stop time, onde exercia seu trabalho de acompanhante, quando de repete um carro com vários homens, desceram do carro e covardemente, brutalmente espancaram ela batendo na cabeça, chutes, socos, pauladas etc, deixando a vítima sem movimentação corporal, onde ficou estirada no chão por um bom tempo esperando a ambulância. Foi levada para o hospital, onde ficou internada durante essa semana, e no dia 09/12 não resistiu aos ferimentos chegando ao óbito. 

Conexão G     RedeTrans

Digite sua senha para ver os comentários.

Protegido: J.C. / 23 ANOS / ARMA BRANCA / AMAZONAS

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Deixe um comentário

JÉSSICA DIMY / 23 ANOS / 74ª DP / QUEIMADA VIVA / RJ, SÃO GONÇALO

Alef Pereira

Morreu após pouco mais de quatro meses internada em hospital do Rio, Jéssica Dimy, de 23 anos, que foi espancada, estrangulada e teve seu corpo incendiado em um ataque em julho deste ano. Jéssica, sofreu uma parada cardíaca. O ataque aconteceu em um hotel de Alcântara, em São Gonçalo, no Rio, no dia 28 de julho, e o crime foi registrado como transfobia. No entanto, a delegada Carla Tavares, titular da 73ª DP (Neves) e responsável pelas investigações do caso, informou que, agora, Fábio respondera por homicídio doloso.

Crime de ódio

Vítima foi enrolada em lençol e asfixiada

O assassino após tentar asfixiá-la e deixá-la desacordada, ateou fogo no quarto e no lençol no qual a envolveu – usando uma bebida alcóolica que havia comprado – e trancou a porta com a vítima dentro do cômodo. — Havia sinais de tentativa de esganadura, e o corpo estava parcialmente queimado, destacou a delegada Carla Tavares, titular da 74ª DP (Alcântara).

Irmã da vítima, Joyce Pereira contou que a família soube do ataque por colegas de Jéssica. Naquele momento, porém, não imaginavam a dimensão dos ferimentos. A jovem nunca havia relatado qualquer ameaça à família. Na visita do hospital, porém, a mãe dela precisou ser amparada pelo pelo choque na hora de ver a Jéssica com aquele monte de aparelho, sedada, com a cara inchada, toda enfaixada do pescoço para baixo… Jéssica estava vestida quando teve o corpo incendiado. no quarto, o criminoso fugiu e trancou a porta, na qual a vítima estava.

A mãe de Jessica precisou ser medicada ao saber do crime. A irmã estava tão abalada que nem conseguiu prestar atenção às informações sobre o estado de saúde da irmã.  – Está isolada no CTI, queimou muito, só não pegou no rosto, relatou a irmã.

O coletivo Grupo Liberdade/Santa Diversidade acompanhou as investigações e prestou suporte à família.

extra.globo    osaogoncalo    odia    itapagipeonline     macaubenselife

Deixe um comentário

SABRINA / A ESCLARECER / MG, UBERABA

O corpo de uma travesti foi encontrado em um barraco próximo ao shopping Uberaba, local conhecido como ponto de usuários de drogas, a perícia foi acionada e ainda não há confirmação da causa da morte e não há mais informações até o momento.

Folha Uberaba     BALANÇO GERAL

Deixe um comentário

KYARA BARBOSA / 23 ANOS / SUICÍDIO / CE, MORADA NOVA

Uma amiga escreveu em seu perfil na rede social:

“À Kyara Barbosa, uma amiga, que a transfobia e a depressão carregaram.  Kyara tinha 23 anos, era travesti, como ela bem gostava de dizer. Conheci no Cursinho Transpassando, onde ela era aluna, este ano, ingressou em um curso de Letras. Kyara amava escrever, queria ser escritora e escrevia tão bem! Ninguém traduzia como ela a dor, o conflito e a beleza da transexualidade, das transições. Era militante filiada ao PSOL Ceará, uma grande companheira.”

PGM     Rede     Kyara Barbosa    

Deixe um comentário

EDUARDA FIGUEIREDO / 17 ANOS / TIROS / 1ª DT / BA, PORTO SEGURO

Wesley Figueiredo CoelhoA jovem adolescente de 17 anos, foi atingida por um tiro no rosto. Uma equipe do Samu ainda foi acionada para prestar socorro, mas “a morte deve ter sido imediata”(sic). Familiares disseram que Eduarda morava em Nanuque, Minas Gerais, e que estava em Porto Seguro há poucos dias. “Ela fazia programa na orla”, contou uma amiga. O crime ocorreu nas proximidades de uma empresa de segurança, mas no local a polícia não encontrou nenhuma testemunha. 

verdinhoitabuna1    radar64    midiabahia    macaubenselife    bahiadiaadia