8 Comentários

ADOLESCENTE / 17 ANOS / MS, CAMPO GRANDE

Wesner Moreira da Silva

Os familiares foram informados que funcionários, colegas de trabalho do adolescente, o seguraram e o dono do lava-jato inseriu a mangueira de compressão no ânus da vítima.

“A pressão do ar era tão forte que fincou [a mangueira] dentro dele. Esse ar vazou, estourou o intestino grosso e saiu pela pele, pelas laterais, comprimindo os pulmões dele e trancando as válvulas respiratórias”, afirmou o pai do jovem.

Nas redes sociais, corre a informação não confirmada de que o jovem era vítima constante de assédio moral e bullying homofóbico no trabalho, já que ele era constantemente chamado de “viado” pelos colegas que o mataram.

g1.globo     superpride    blastingnews

G1.globo

Luiz Mott commented:

Jovem de 17 anos, Wesner, de Campo Grande, morre após patrão e comparsa meterem mangueira de ar comprimido no seu anus. Muito triste!

Muitos gays foram encontrados mortos com cabo de vassoura e outros objetos pontiagudos metidos no ânus. Zumbi dos Palmares e uma dezena de gays contemporâneos, foram executados e tiveram a genitália cortada e enfiada dentro da boca. Em ambos casos, refletem sexofobia e simbolizam a humilhação da vítima.
Não há informação explícita sobre a sexualidade do adolescente. Violência direcionada à bunda, cu e castração , no imaginário machista e heteronormativo, reflete sempre a associação discriminatória ao homoerotismo anal ou sugestão de sexo oral fálico.
Portanto, esse bárbaro crime de Mato Grosso do Sul – que levou a população a queimar esse tenebroso lava-jato – deve sim ser considerado CRIME HOMOFÓBICO, mesmo que praticado contra um eventual não homossexual. Como no caso do ambulante heterossexual do metrô de SP que foi morto por defender um gay e uma trans. 

Deixe um comentário

MÁRCIO LARA / COMERCIANTE – 37 ANOS / ESTRANGULADO / MG, ITABIRITO

sem-titulo

Foi encontrado morto em sua casa, assassinado na madrugada de domingo.  Acredita-se que foi estrangulado e o assassinato tenha motivação passional.

minutomais    Pag.inbox

Deixe um comentário

MESSIAS RICETTO / 34 ANOS / TORTURADO / PR, BANDEIRANTES

sem-titulo

Vítima foi encontrado por policiais em sua casa, após a notificação dos vizinhos, gravemente ferido e amarrado com fios em Bandeirantes, no interior do Paraná. Depois de 23 dias internado, o rapaz veio a óbito em Londrina. Estima-se que ele foi torturado e tenha ficado mais de 24 horas amarrado. Ao ser encontrado, Ricetto estava quase morto, com traumatismo craniano, roxo, com pés e mãos em estado de necrose.

revistaladoa    jcamposnoticias    jornalcn    anuncifacil

Deixe um comentário

CLAUDIO CASTRO / PERSONAL TRAINER – 36 ANOS / MG, ALTO PARANAÍBA

sem-titulo

Claudio estava em casa e assistia TV junto com a outra vítima, quando dois ladrões armados invadiram o local.  Os dois ficaram sob a mira de uma arma durante quase uma hora, dentro de um cômodo da casa. Durante a ação, os bandidos teriam humilhado o homem, que reagiu e acabou sendo baleado. Os autores do crime ainda esfaquearam o outro professor que também estava na residência e sobreviveu ao atentado.

O assassino teria ordenado que o personal e o professor tirassem as roupas. Em seguida, o bandido começou a gravar um vídeo para registrar imagens dos homens nus.

bhaz    plox

Deixe um comentário

DANILO FERREIRA DO NASCIMENTO / 24 ANOS / FACADAS / PE, BREJO DA MADRE DE DEUS

sem-titulo2

Crime foi praticado com requintes de crueldade, vítima foi morta através de pedradas e golpes de faca peixeira com ferimentos nas costelas provocados pelos golpes e lesões na cabeça causadas pelas pedradas. 

agrestenoticia    estacaonoticias

 

Deixe um comentário

IVAN DIAS DE SOUZA / CABELEIREIRO – 44 ANOS / TIROS / SE, LAGARTO

O cabeleireiro Ivan Dias de Souza.,44 anos foi encontrado sem vida numa estrada vicinal no povoado Santo Antônio, zona rural de Lagarto. Oito tiros de pistola foram deflagrados em desfavor do cabeleireiro, que trafegava em uma motocicleta Honda Biz de cor preta quando foi alvejado. Todos os disparos acertaram as costas de Ivan, que foi a óbito no local.

lagartonoticias    sergipe24horas    lagartense    lagartocomoeuvejo

Deixe um comentário

NÃO IDENTIFICADA / 34 ANOS / APEDREJADA / SP, GUARUJÁ

sem-titulo

Uma travesti de 34 anos foi assassinada durante a madrugada na Enseada, em Guarujá, com diversas pedradas no rosto e no peito. O crime ocorreu enquanto fazia ponto. Ao lado do corpo da vítima, a polícia encontrou um tijolo com marcas de sangue que pode ter sido usado para assassiná-la.

Denúncias anônimas que possam ajudar a polícia na elucidação do caso podem ser feitas por meio dos telefones: 181 (Disque Denúncia), 3228-6451 (Deas) ou 3386-6992 (Delegacia de Guarujá). Não é preciso se identificar para passar informações.

atribuna    santaportal