Deixe um comentário

BRASIL, CAMPEÃO MUNDIAL DE CRIMES LGBT-FÓBICOS

Em 2017, aproximadamente a cada 20 horas, um LGBT morre de forma  violenta por motivação homotransfóbica no Brasil. Fruto também de um levante conservador que contamina a população com discursos impregnados de ódio, e que a todo custo quer nos aniquilar e calar nossa voz. Os números são contabilizados pelo Grupo Gay Bahia.

 

___________

BRASIL AMARGA A LIDERANÇA DO RANKING DE

CRIMES CONTRA LGBT NO MUNDO

2017 é o ano com o maior número de assassinatos da população LGBT desde o início da pesquisa, há 37 anos. a cada 20 horas um LGBT morreu de forma violenta por motivação homotransfóbica no Brasil.

O Grupo Gay da Bahia (GGB) organiza essas informações há pelo menos três décadas e os registros têm aumentado nos últimos anos. De 2005 até 2016, o Grupo calcula um total de 2.842 homicídios contra a população LGBT. Só no ano passado, 343 gays, lésbicas e travestis foram mortos, a maioria com requintes de crueldade, segundo o relatório do Grupo Gay da Bahia (GGB, 2016). Este ano já foram contabilizados 445 mortes documentados em nosso site

VÍTIMAS DO TERROR HOMOTRANSFOBICO NO

BRASIL

morteslgbtsgraf2b

Anúncios
Deixe um comentário

THALLES D.S. ALMEIDA / SUICÍDIO / MG, DIVINOLÂNDIA DE MINAS

Jovem gay cometeu suicídio por enforcamento na cidade de Divinolândia de Minas que tem uma população estimada (censo 2010) de 7.036 habitantes. Familiares e amigos do jovem, deixam mensagens de pesar e dor na rede social.

PGM

Deixe um comentário

LUIZ CARLOS N. GUSTAVO / MECÂNICO – 56 ANOS / ESTRANGULADO / DCCV / ES, LINHARES

Um crime bárbaro e que chocou os moradores do bairro, Carlinhos, foi encontrado morto com sinais de estrangulamento dentro da própria residência, estava de bruços e com os braços amarrados para trás e o corpo em adiantado estado de decomposição. O veículo da vítima, foi levado pelo criminoso e o imóvel foi totalmente revirado e várias bolsas também foram levadas pelo suspeito, inclusive os documentos pessoais e cartões de crédito.

g1.globo     tribunaonline     sitedelinhares

Deixe um comentário

CAROL / PROF SEXO / TIROS / MT, TANGARÁ DA SERRA

Cláudio Ernesto AlvesCarol foi executada a tiros no meio da rua, nas imediações de um posto de combustíveis, durante a madrugada. O assassino chegou, efetuou os disparos e fugiu numa bicicleta.

folhamax    vgnews

Deixe um comentário

TALLYSON OLIVEIRA / ESTUDANTE – 22 ANOS / SUICÍDIO / MG, MURUAÉ

Seu marido escreveu na rede:

“Nosso domingo foi tão bom! Estava torcendo por vc ao jogar sua peteca, estivemos juntinhos curtindo a piscina, a sauna, seus irmãos alegraram nosso final de semana… Tudo estava perfeito, mas a noite a surpresa: Nunca irei me esquecer daquela cena que eu vivenciei, naquele banheiro. Não sei que ganhei forças para te ajudar ou se bambiei as pernas por medo de te perder. Fiz de tudo, mas, infelizmente vc partiu.”

PGM

Deixe um comentário

CLÓVIS A. FIGUEIREDO / CABELEIREIRA – 52 ANOS / FACADAS / PE, RECIFE

Clóvis foi encontrada em cima da cama, cheia de sangue, dentro da casa onde morava e sofreu ao menos oito facadas na região do pescoço. No local, não foi encontrado o cartão bancário e uma quantia em dinheiro que deveria estar na casa.

Vizinhos

‘Ele era uma ótima pessoa, se dava bem com todos, sempre alegre. A gente não viu nada nem ninguém entrar na casa dele e que pudesse ter feito uma coisa dessas’, disse uma das vizinhas.

jconline    tvjornal.ne10    tvuol    aliancaagora

Deixe um comentário

WELLINGTON O. PIRES / AUX. SERV. GERAIS – 28 ANOS / FACADAS / BA, FEIRA DE SANTANA

Ivo teria insinuado que a vítima havia beijado uma travesti, e Wellington o agrediu com um soco no rosto, Ivo saiu do bar e foi em casa, onde se armou com uma faca do tipo peixeira e depois aguardou até que o movimento do estabelecimento diminuísse, para atacar Wellington, golpeando-o várias vezes até a morte.

sitebarra    vermelhinhoba     tudomaxfm

Deixe um comentário

CAROL MAJEWSKY / JORNALISTA – 57 ANOS / FACADAS / RS, PORTO ALEGRE

Carol foi encontrado sem vida pelo filho, no apartamento onde morava em Porto Alegre. Ele foi sufocado com um travesseiro, na cama e em seguida, morto com cerca de 30 facadas. Gabriel já mantinha relação com o jornalista, e Lucas em depoimento, admitiu participação no crime. A dupla saiu do apartamento com roupas, um celular, relógios, dois notebooks e dinheiro que pertenciam ao jornalista.

g1.globo    gauchazh    nossaradiohorizontina    noticias.band